17 Janeiro 2020

9 Soft Skills que o profissional de TI precisará ter nos próximos anos

soft_skills_profissional_de_TI

Estamos em plena era da indústria 4.0 que, além de ser marcada por tecnologias várias como Inteligência Artificial, Big Data e Internet das Coisas, afetará a forma de trabalhar das pessoas em geral e principalmente do profissional de TI

Da mesma forma que o mundo está mudando, as exigências do mercado também. Segundo o Fórum Mundial Econômico, no estudo The Future of Jobs, em 5 anos mais de um terço das habilidades necessárias atualmente já terão mudado. Mas, então como se manter atualizado e garantir seu lugar no mercado?

Em primeiro lugar, é preciso estar ligado no aprendizado contínuo. Mas, além das habilidades técnicas, as chamadas hard skills, o futuro do trabalho exigirá profissionais com habilidades sociais, também conhecidas como soft skills

Aqueles conhecimentos adquiridos pela experiência e formação profissional, como Inteligência Artificial, linguagem de programação e a metodologia Agile, não serão o bastante para garantir um espaço no mercado de trabalho. Sobreviver em um cenário de alta competitividade exige uma constante evolução.

Aí entram as habilidades dos profissionais de TI se comunicarem com eficiência e solucionarem problemas por meio do pensamento crítico. Criar uma ideia original exige criatividade, empatia, capacidade de mudar de rumo rapidamente e atitude para buscar o crescimento pessoal. Agora, mais do que nunca, o trabalho em equipe e flexibilidade serão os principais atributos para uma inovação bem-sucedida. 

9 das Soft Skills mais desejadas pelas corporações nos próximos anos:

  1. Motivação e liderança: direcionar o foco nos resultados pensando de forma macro. As características de liderança, como inspirar e ajudar os colaboradores a se tornarem profissionais melhores, serão vitais para o mercado de trabalho futuro. O profissional de TI assumirá papéis de liderança nas equipes de projeto e trabalhará para resolver problemas e criar soluções.
  2. Criatividade: segundo a pesquisa Tendências Globais de Talentos 2019 do LinkedIn, a criatividade é a qualidade mais demandada atualmente pelas empresas. Os empregadores procuram profissionais de TI capazes de conceber soluções exclusivas. Apesar de processos cada vez mais automatizados, é a criatividade que difere o homem da máquina. Se os magnatas da tecnologia como Mark Zuckerberg e Steve Jobs não tivessem sido criativos, nunca teriam criado seus produtos inovadores e ideias revolucionárias.
  3. Inteligência emocional: Para manter o equilíbrio, um líder de TI precisa entender e controlar as emoções.  Com isso, ele desenvolve habilidade para resolver grandes problemas de forma racional e equilibrada. A inteligência emocional nada mais é que a capacidade de identificar, utilizar, compreender e gerenciar as emoções de maneira positiva. Ela ajuda a construir relacionamentos mais fortes, ter sucesso no trabalho e atingir objetivos pessoais e profissionai
  4. Pensamento analítico: um profissional de TI com pensamento análitico é capaz de sugerir soluções e ideias inovadoras, analisando a situação de outros ângulos.  De uma forma racional são capazes de resolver problemas complexos usando o raciocínio e a lógica. Dados e máquinas são capazes de processar informações cada vez mais de forma inteligente. Mas a decisão final é do ser humano.
  5. Adaptabilidade: A mudança é inevitável no setor de TI. Com a tecnologia evoluindo rapidamente, as empresas ajustam seus processos regularmente para garantir que estejam operando com eficiência. Assim, ser adaptável é uma das habilidades mais procuradas pelos empregadores. É preciso ser flexível para aprender novas coisas todos os dias. Isso melhorará o relacionamento dentro da empresa e da empresa para o mercado.
  6. Comunicação: dependendo da posição, o profissional de TI deverá interagir com a gerência, colegas de trabalho, clientes e/ou fornecedores. Isso requer capacidade de se expressar verbalmente e por escrito, de se apresentar em público e também de ouvir.
  7. Negociação: não importa a posição do profissional de TI, ele precisará ter a habilidade de negociação, desde a tomada de decisões de contratação até a colaboração com fornecedores ou contratados, inclusive a venda de sua ideia para uma organização.
     
  8. Gestão do tempo: um dos ativos mais valiosos e escassos no mundo contemporâneo é o tempo. Identificar quais projetos e tarefas são mais rápidos de concluir e que resultem em um grande impacto no negócio é uma habilidade muito buscada atualmente. É a velha história do menos é mais. Ter em mente com clareza quais são as demandas diárias e entregar dentro do prazo dá mais chances de crescimento dentro da organização. Saber equilibrar a vida profissional e a pessoal também será muito importante daqui para frente. 
  9. Gerenciamento de projetos: Como profissional de TI, é provável que esteja lidando com vários projetos e responsabilidades. Ser capaz de cumprir prazos e atingir benchmarks é fundamental.

 

Um bom gerenciamento de projetos envolve a capacidade de fazer planos profissionais, definir e alcançar metas e trabalhar com colegas para resolver problemas do projeto. Ao mesmo tempo concluir projetos de forma consistente pode render elogios dos altos executivos e sugerir promoções a posições de maior responsabilidade.



Então, você está preparado para as soft skills que chegam ao mercado? Acompanhe as novidades em nosso blog.

Comments

Stay Updated on Blog Content

Posts by Topic

see all

Share this blog:

Want to know what is coming up?

Visit our roadmap!