17 Novembro 2016

Gestão de conhecimento: reduza o tempo do chamado e a carga de trabalho da TI

Na incessante busca pela eficiência, os gerentes de service desk constantemente se perguntam: Como é possível reduzir o número de chamados recebidos? E como podemos reduzir a duração média deles?

Acreditamos que gestão de conhecimento seja a resposta.

gestao do conhecimento

 

Suporte Centrado no Conhecimento (KCS)

 

Manter uma base de conhecimento pode parecer muito trabalhoso, mas é um investimento com excelente retorno. Um repositório amplo, mas detalhado, do conhecimento de seus departamentos de suporte pode economizar muito tempo e esforço dos outros departamentos no que diz respeito à pesquisa – mas isso não é tudo. Caso você dê aos seus clientes acesso à base de conhecimento, eles serão capazes de responder suas próprias perguntas, ignorando completamente, o setor de atendimento. Ideal, certo?

Sim, mas como já foi dito anteriormente, é um investimento. A realidade enfrentada por muitos service desks é o desafio de manter a base de conhecimento atualizada. Por isso o Consórcio para Inovação de Serviço desenvolveu o Suporte Centrado no Conhecimento (KCS), um conjunto de boas práticas para a gestão do conhecimento. Acreditamos que este seja o caminho para muitos service desks, e explicamos o porquê. 

O que o KCS pode fazer pela sua organização?

 

Prazos de entrega até 60% mais curtos e aumento de ‘primeiros acertos’ em 50%.

Novos funcionários conseguem ser até 70% mais rápidos.

Aumento de até 50% de clientes resolvendo seus próprios chamados de forma independente.

Como fazer acontecer

 

A chave para garantir o sucesso do KCS dentro da sua organização é fazer com que os seus departamentos de suporte percebam o seguinte: o objetivo do KCS é registrar o conhecimento para cada cliente, não apenas daquele que venha pedi-lo. Uma vez que todos os departamentos de suporte fazem parte disso, a implantação do processo necessário para o KCS deve ser muito mais fácil.

O processo

 

artigo.png

 

KCS

 

*Quando um cliente faz uma pergunta, verifique se já existe uma resposta na base de conhecimento.

** Você tem uma resposta – mas é a correta? Algo mudou, ou a solução anterior mostrou ser menos completa do que a ideal? É possível que seja necessário atualizar a base de conhecimento.

*** Certifique-se de que todas as perguntas e respostas sejam adicionadas à base de conhecimento – antes que você perceba, terá um banco de dados amplo cobrindo todos os problemas que seus clientes possam encontrar!

Empodere seus usuários finais 

 

Você quer dar aos seus usuários finais o poder de resolver suas próprias chamadas? Certifique-se de que eles tenham acesso à sua base de conhecimento – e saibam onde encontrá-la. Eles serão capazes de resolver muitos problemas por si só, sem que seja necessário o envolvimento de seus departamentos de suporte.

 

 

Colin Bassant



Colin Bassant, Service management consultant

Comments

Stay Updated on Blog Content

Share this blog:

Want to know what is coming up?

Visit our roadmap!