Neste ano, a TOPdesk completa 10 anos de Brasil. Quem empreende sabe que o mercado brasileiro é cercado de oportunidades e desafios. Os últimos 10 anos foram de profundas mudanças sociais, políticas, econômicas e tecnológicas no País. Por isso, convidamos o CEO da TOPdesk, Wolter Smit, para dividir as suas percepções sobre a última década e como ela contribuiu para o fortalecimento da marca TOPdesk ao nível global.

Brasil é destaque na América Latina

O mercado latino-americano de tecnologia tem alguns países que se destacam pelo tamanho e importância na economia global. Entre eles, podemos destacar a Argentina, México e Colômbia. Ainda assim, Wolter Smit afirma que a TOPdesk não pretende abrir escritórios em outros países latino-americanos, pois quer focar suas energias no mercado brasileiro neste momento.

Segundo ele, a relevância econômica do Brasil faz com que o País se destaque em relação às estratégias da empresa no continente. O CEO explica que antes de ter um escritório no Brasil, a empresa contava com um revendedor. Mas, as diferenças na forma de trabalhar entre as duas partes motivou o investimento próprio da companhia no País.

“Ao mesmo tempo, tinha um consultor holandês aqui no Brasil que falava português. Foi sugerido a esse consultor que ele ajudasse o revendedor. Contudo, a cultura do revendedor era muito diferente da nossa. Viemos ao Brasil por isso. Foi uma questão de oportunidade”, revela.

O executivo também vê com bons olhos o mercado brasileiro e lista algumas qualidades que motivam a TOPdesk a continuar investindo no território. “Por que continuar investindo no Brasil? Aqui temos um mercado grande, há muitas oportunidades. É mais fácil trabalhar com o Brasil por conta da cultura, é fácil de lidar. E temos um time muito motivado”.

Para o CEO, o Brasil é um País moderno

Os brasileiros amam falar da burocracia do País. Todavia, essa não é opinião de Wolter Smit, que considera a Holanda mais engessada em muitos aspectos.

“Burocracia? Na Holanda eles imprimem um papel e o mandam on-line. No Brasil utilizamos o portal do Governo do Brasil, o que parece mais moderno”, opina.

Algumas questões comportamentais e culturais, contudo, ainda surpreendem os estrangeiros. Abraços e beijos ao ir ao escritório foi algo bem diferente quando Wolter Smit veio para o Brasil. Ele também se impressionou com o tamanho da cidade de São Paulo. Ademais, ele percebe que o time brasileiro da TOPdesk cultiva uma boa imagem com os outros escritórios espalhados pelo mundo.

“O Brasil tem seu próprio jeito, é muito leve e divertido trabalhar com o time do Brasil. Sabemos que se perguntarmos para alguém da Holanda como foi o contato com algum colega brasileiro, a pessoa terá uma resposta positiva”, pontua o CEO global.

Brasil é estratégico para a TOPdesk

O executivo explica que a maior parte da receita global da empresa ainda vem da Holanda, país sede da TOPdesk, mas que as possibilidades do mercado brasileiro são animadoras.

“A Holanda representa 60% da receita mundial da TOPdesk. Alemanha é a segunda, mas ainda pequena em relação ao tempo em que eles já existem, comparando com a Holanda. O crescimento é mais importante que a receita imediata. No Brasil, nós arriscamos bastante e temos essa mentalidade de crescimento, o que é positivo, desde que garanta que nossos clientes estejam felizes”, afirma.

Para ele, a cultura organizacional da TOPdesk, além da sua contribuição no dia a dia das empresas, pode ser uma inspiração para que as companhias brasileiras construam rotinas de trabalho mais leves e eficientes. “Temos uma boa solução, um bom time e podemos conquistar mais clientes. A questão é fazer isso de forma previsível. Nossa cultura é algo muito diferente do que vemos no Brasil e queremos espalhar isso pelo País. Nosso objetivo é garantir que outras pessoas possam experienciar um trabalho gratificante e equilibrado, além de ter tempo para aproveitar com a família. E a TOPdesk é um meio para fazer isso acontecer”, confidencia.

Ele acredita que um dos pontos fortes da TOPdesk é oferecer a consultoria especializada somada ao sistema.

“Não há ‘silver bullet’ que você compra algo e soluciona problemas imediatamente. A combinação entre solução e consultoria é o que funciona. Não adianta ter um produto e a consultoria não ser efetiva. No fundo, o que fazemos não é mais tão disruptivo porque já fazemos isso há alguns anos, porém o que é disruptivo, de verdade, é que outras empresas não fazem as coisas como nós — interface amigável, consultoria que passa conhecimento etc.”

Conheça mais a TOPdesk Brasil

Na TOPdesk, acreditamos que a cultura é a razão mais importante pela qual algumas empresas falham enquanto outras vencem. É por isso que valorizamos muito o envolvimento dos funcionários e construímos nosso próprio negócio com base na confiança, liberdade e responsabilidade desde o primeiro dia. O resto – desde o fornecimento de um ótimo serviço até um ambiente criativo de trabalho – acontece naturalmente.

Ponto importante é que a marca TOPdesk sempre teve valores sólidos relacionados à sua responsabilidade social e seu impacto no mundo, isso desde a sua fundação.

Nossas metas globais vão de encontro com a agenda ESG. Exemplo disso é que, internamente, promovemos a igualdade de gênero, esforçando-se para colocar mulheres em cargos de liderança, por exemplo.

Priorizamos que nosso ambiente de trabalho seja saudável e nosso time é engajado com os mesmos valores da marca – que se traduzem no relacionamento com nossos clientes! Sabemos que temos muito a contribuir para sua empresa.

Por isso, oferecemos gratuitamente que você experimente o TOPdesk por conta própria e veja como nosso software pode guiar sua empresa para a excelência de serviços.